domingo, 15 de março de 2009

há sempre um tempo...

(imagem da NET)


Traquinices...

mimos levados da breca
de diabinhos à solta
ferroadinhas de monta
espetadelas de respeito
num destapar a careca
aquele doce faz-de-conta
a surtir tal desastroso efeito...

traquinices...

em recordações... de carola
memórias de tanta satisfação
"brincas" em jogos de bola
a deixar "laivos" no coração...
o passado-presente na escola
saudade... gostosa emoção...



Traquinices!!!

de:aileda/adeliavaz

3 comentários:

Isabel Branco disse...

Aileda

Há sempre um tempo para o tempo...
o certo e o do momento...
Há sempre um tempo em contatempo...
e até o tempo do nosso desalento
será quem sabe, advento
e, amanhã, um outro tempo de contentamento...

Um beijinho.

Isabel Branco disse...

"em contratempo..." quis eu dizer!!!

manzas disse...

Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
Nas vastas planícies, terras por conquistar…
Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

Um resto de uma agradável semana!

Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-