segunda-feira, 15 de março de 2010

Amigos

(imagem da NET)

um abraço...




entro no ténue da solidão
infiltro-me na mundana ilusão
afastando-me sem me afastar...
caminho entre pétalas na imensidão
do longínquo na etérea dimensão
dum tempo terno do saber amar...

aqueço-me na fantasia do sonho
enlaçada no braço longo da saudade...
fortalecida do néctar dum tal medronho
embriago-me no abraço de uma AMIZADE!!!

de:aileda/adeliavaz


2 comentários:

JOE ANT disse...

Já há muito que leio à sucapa este seu blog.
Volto a ele, depois de percorrer uma longa lista de
links (abríveis) numa folha de Word.
Nunca me tinha dado a conhecer. Mas ontem decidi ir "mais longe".
Dei-me ao luxo de "copiar" este seu poema e inseri-lo no meu blog, com o devido link para a origem. Achei que ele foi uma boa fonte de inspiração e uma boa dose de força para o que eu precisava para "justificar" o meu regresso.
Espero a sua autorização tácita. Caso haja algum inconveniente, me informe em comentário, que o retirarei de imediato.
Por ora, digo como dizia o Solnado: "Faça o favor de seer mesmo feliz"

aileda disse...

Olá, Joe!!! por incrível q pareça, só agora li o seu comentário...Obrigada!!! É um prazer "recebê-lo" AKi... Volte sempre... deixando a sua gentileza... Se Gosto...

sempre
aileda/adeliavaz