quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Há sempre um tempo...

"A minha Praia"
Porto Alexandre - nova Tombwa (Namibe - Angola)



Naquele dia...


acordei cedinho...
percorri, de mansinho,
a distancia que nos separa

palmilhando o teu areal...
senti, num carinho especial,
a saudade... que não pára

no vai-vem das tuas marés,
estendi meu presente...
desejei-me, no que tu és:
livre... feliz para sempre!!!

(causinhas minhas)

de:aileda/adeliavaz

2 comentários:

Catarina Poeta disse...

Em algum lugar,
entre o mar e as estrelas,
ficamos em paz...
Amei a expressão do sentimento
"palmilhando o teu areal..."
é assim, que sentimos o verdadeiro amor.
Beijo!

Blueshell disse...

Aparentemente simples mas profundo e ...muto lido,
Adorei.
Bj
BShell